Sábado, o Luverdense volta a campo para, desta vez, enfrentar o Ceará em mais uma partida válida pela Série B.
O Luverdense joga em casa contra o Ceará no próximo sábado (30)

Na sua luta contra o rebaixamento e ainda sonhando com uma possível classificação entre os quatro primeiros colocada na Série B, o Luverdense deixou a cidade de Pelotas ontem, terça-feira, onde jogou e venceu o time o Brasil por 1 a 0, com a consciência do dever cumprido.

Em seu retorno a cidade de Lucas do Rio Verde, o pensamento de jogadores e diretores é a preparação para a partida de sábado, no Passo das Emas, contra o Ceará, já que a vitória representaria um afastamento maior da zona de rebaixamento.

O técnico Júnior Rocha não economizou elogios aos seus jogadores no jogo de terça-feira no estádio Bento Freitas, no interior do Rio Grande do Sul. “O grupo teve uma postura diferente contra o Brasil e saímos de campo com o resultado positivo. O placar até foi injusto para nossa equipe em virtude do volume de jogo que apresentamos, mas o que importa mesmo são os três pontos e agora é voltar os pensamentos para o jogo de sábado diante do Ceará”, argumentou o treinador.

O técnico também discordou daqueles que, segundo ele, pregam mudanças. “Não tínhamos que mudar nada. Estamos jogando bem, mas por ironia do destino as boas apresentações não se transformavam em vitórias. Temos um esquema de jogo definido, peças capazes de executá-lo e senso assim, não mudaremos nada”, concluiu o técnico

Quem também falou sobre o jogo foi o meia Marco Aurélio, um dos principais homens de ligação do Luverdense. “Sabíamos que encontraríamos dificuldades lá no Rio Grande do Sul, mas o grupo soube se comportar em campo e saímos vitorioso. Agora é encarar o adversário de sábado focado a um só objetivo, que é o de fazer o dever de casa e vencer”, disse.

O comandante técnico afirmou que não pretende mudar o time que jogou diante do Brasil e que vai exigir a mesma determinação do grupo. “O time foi muito bem lá fora, mas é preciso manter a mesma pegada e jogar com muita garra e determinação diante do adversário de sábado. É outra pedreira que vamos enfrentar, mas precisamos do resultado positivo diante de nossa torcida”, comentou.

Autor do gol que garantiu a vitória em Pelotas, o atacante Roni disse que se depender não somente de sua vontade, mas também de todo o grupo, a vitória diante do Ceará vai se concretizar. “Sabemos das qualidades do clube cearense e é preciso se manter o tempo todo em, alerta. O Ceará conquistou um importante resultado na rodada passada e ocupa o 5º lugar com 42 pontos. Agora é nossa vez de encostar no G4”, disse confiante o atacante.

O resultado o fez deixar a zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, agora em 15º lugar com 31 pontos contra 48 dos líderes Internacional e América.

Ademar Portugal (Diário de Cuiabá)

<< ANTERIOREx-chefe de gabinete pede afastamento e prisão de Emanuel por obstrução a Justiça
PRÓXIMO >>Mauro Mendes diz que não dá mais para ficar no PSB e avalia siglas