Todos os dias milhares de toneladas de plástico são produzidas e dispensadas na natureza. Por isso, fazer a nossa parte enquanto indivíduo é indispensável para tentar reverter ou ao menos amenizar esse cenário. A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Lucas do Rio Verde realizou, nesta segunda-feira (23), uma ação voltada para reduzir o uso do plástico e melhorar a separação do lixo no Paço Municipal.

Os servidores receberam, cada um, uma caneca feita de fibra coco, material 100% biodegradável e feito de reaproveitamento, proporcionando 50% de redução do uso de fonte não renovável. A fibra de coco é um material feito a partir da reutilização das cascas de coco que, normalmente, são descartadas em aterros sanitários ou na natureza.

“Sabendo que nosso consumo de plástico é muito grande, tivemos essa iniciativa para melhorar como tratamos o meio ambiente em nosso dia a dia, com uma coisa tão simples. As canecas são bastante versáteis, podendo o servidor usar para tomar água ou café”, explicou a secretária de Meio Ambiente, Suzana Romancini.

A vida útil de um copo descartável dura, em média, 13 segundos e o tempo de decomposição desse mesmo produto pode chegar até 400 anos. Uso das canecas gerará um impacto ambiental na redução de:

    • 500 copos descartáveis por dia
• 10.000 copos descartáveis todos os meses
• 120.000 copos descartáveis por ano

Segundo a pasta, a orientação é que os copos descartáveis disponíveis no Paço sejam usados apenas pelos visitantes.

A secretária salienta que o ponta pé inicial para redução do plástico foi dado e que, a partir de agora, as secretarias e prédios públicos que tiverem interesse podem entrar em contato com a pasta de Meio Ambiente para solicitar o contato da empresa fabricante das canecas.

“Estamos com o contato de uma empresa que conseguimos um preço melhor pelas canecas. As pastas que quiserem adquirir mais canecas, até para os servidores de outros prédios e que atuam de forma externa, podem nos solicitar as informações e detalhes para compra”, esclareceu Suzana.

Lixeira orgânica 

Para melhorar ainda mais a qualidade do lixo reciclado no Paço Municipal, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente também disponibilizou lixeiras diferentes para a destinação do lixo orgânico, em cada uma das secretarias.

Nessas lixeiras deverá ser descartado qualquer material úmido e orgânico, como erva-mate, cascas de frutas, restos de alimentos no geral, como pães, bolos, bolachas e doces e guardanapos usados. A partir de agora, a lixeira marrom com tampa será exclusivamente para o lixo úmido e os cestos abertos continuam disponíveis para descarte de materiais recicláveis.

<< ANTERIORMauro Mendes pediu a Ciro Nogueira que Parque ecológico de Chapada seja do Governo do Estado
PRÓXIMO >>Empresário de Lucas do Rio Verde é preso após compra carga de milho furtada