PM é encontrado morto com mãos amarradas em Mato Grosso

Morte de Ranulfo Severino da Silva deve ser investigada (Foto: Polícia Militar-MT/ Divulgação)

O soldado aposentado da Polícia Militar em Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá), Ranulfo Severino da Silva, 56 anos, foi encontrado morto com uma camisa amarrada na cabeça e os braços amarrados para trás, no chão do banheiro da casa dele, no bairro Jardim Santa Clara, hoje.

O corpo foi encontrado após a PM ser acionada para verificar um GM Corsa prata, que estava abandonado em um bairro do município, sem os pneus e o som. No carro tinha o endereço e telefone da vítima. Os policiais tentaram ligar, mas não foram atendidos. Em seguida, se deslocaram para a casa, onde encontraram o portão entreaberto e a porta encostada. Ao entrar no local se depararam com o corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou o óbito. Peritos foram ao local, para avaliar a cena do crime. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. Porém, a suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte), já que o veículo da vítima havia sido levado.

Um vizinho de Ranulfo relatou aos policiais que ontem, por volta de 23h, viu um homem sair da casa. Ele perguntou o que estava fazendo ali, mas ele disse que não era nada demais e foi embora. A Polícia Civil passa a investigar a versão apresentada pela testemunha.