Prazo para permissão de queimadas é extendido

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) informou aos produtores rurais que a Secretária de Estado de Meio Ambiente (Sema) vai prorrogar o período proibitivo de queimadas. A proibição que iniciou no dia 15 de julho, por meio do Decreto 1.092, terminaria no próximo sábado (30/09). O novo decreto será publicado estendendo a proibição até o dia 15 de outubro.

A Sema levou em consideração a escassez de chuva e a baixa umidade relativa do ar em grande parte dos 141 municípios do Estado. A Famato orienta os produtores a ficarem atentos ao novo prazo e tomar medidas necessárias para prevenir incêndios florestais. “Nós orientamos aos produtores rurais que adotem técnicas de prevenção, como a construção de aceiros, açudes e cortinas de segurança, essa é a melhor forma de impedir que incêndios aconteçam”, disse a gestora do Núcleo Técnico da Famato Lucélia Avi.

Durante o período proibitivo, utilizar o fogo para limpeza e manejo nas áreas rurais é crime passível de seis meses a quatro anos de prisão, com autuações que podem variar entre R$ 7,5 mil a R$ 1 mil (pastagem e agricultura) por hectare. Nas áreas urbanas o uso do fogo para limpeza do quintal é crime o ano inteiro.