Rejeitada pela câmara de vereadores, a matéria que tratava do aumento do valor da planta genérica de Lucas do Rio Verde, que, caso aprovada, incidiria no aumento do valor do cálculo do IPTU para 2018, finalmente foi sepultada. A prefeitura bem que tentou reverter a rejeição na justiça e, mesmo com decisão favorável, a Lei não foi promulgada pelo prefeito em tempo hábil (2017) e tudo fica como está.

<< ANTERIORHomem é assassinado em Lucas do Rio Verde
PRÓXIMO >>Criminosos armados roubam dinheiro de empresa em Lucas do Rio Verde